h1

2 Continentes sem Internet…

fevereiro 5, 2008

hufdshusdfhusdfa.pngOs serviços de Internet e as ligações telefónicas estão a ser afetadas, desde quarta-feira, em vários países do Oriente Médio devido a um dano em dois cabos submarinos de telecomunicações no Mediterrâneo, que prejudicam igualmente uma parte do sudeste asiático. Agora estão à recorrer de um terceito cabo. Confira a matéria completa:

imagem_avaria_cabo_submarino.jpg

No Egito e na Índia, onde a indústria da subcontratação informática é importante, e da qual depende um grande número de empresas ocidentais, as comunicações estão consideravelmente afetadas, bem como na região do Golfo.

O ministro egípcio das Telecomunicações apelou hoje aos cibernautas para se absterem de descarregar filmes e músicas da Internet para poder ser dada prioridade às telecomunicações das empresas.

“Dois dos nossos cabos sofreram danos e estamos a recorrer a um terceiro cabo”, explicou à France Press o porta-voz do Ministério, Mohammad Taymour.

“O débito não é suficiente, o cabo está sobrecarregado e ninguém poderá acessar à Internet, se os cibernautas não respeitarem o apelo do Ministério”, acrescentou.

As causas do dano ainda não foram apuradas, mas as reparações, que podem durar várias semanas, já começaram.

“Os dois cabos distam um quilómetro um do outro e desconhecemos o que pode poderá tê-los danificado simultaneamente”, disse o mesmo responsável.

Tal como na Índia, também os centros de chamadas foram afetados no Egipto e funcionam a 30% da sua capacidade, de acordo com um comunicado do Ministério.

As comunicações telefónicas para a Europa e para os Estados Unidos foram igualmente afetadas, assim como cerca de 70% dos cibernautas.

O problema prejudicou, de forma igual, vários países árabes da zona do Golfo, nomeadamente os Emirados Árabes Unidos, a Arábia Saudita, o Qatar e o Omã, onde o acesso à Internet está consideravelmente lento.

Na Arábia Saudita, a empresa Saudi Telecom (STC) perdeu mais de 50% das suas ligações internacionais, segundo o diário árabe Arab News.

No Qatar, o problema afetou menos de 40 por cento dos serviços de Internet.

A companhia nacional de telecomunicações QTel recorreu a soluções alternativas para assegurar os serviços de Internet internos e para ajudar operadores de países vizinhos, indicou um dos seus directores, Adel Moutawan, citado pelo diário Al-Raya.

A Mascate, da OmanTel, afirmou ter conseguido restabelecer cerca de 76 por cento dos serviços de Internet no sultanato.

Na Índia, onde a subcontratação informática representa 11 milhões de dólares de volume de negócios actual e emprega 700.000 pessoas, a avaria provocou graves perturbações.

“As empresas de tecnologia de informação, de software e os centros de chamadas que fornecem serviços de Internet à costa leste dos Estados Unidos e Grã-Bretanha são os mais afetados”, declarou Rajesh Chharia, presidente da Associação indiana de fornecedores de acesso à Internet.

As telecomunicações no Bangladesh e no Sri Lanka estão igualmente afetadas.

fontejpg.pngRTP Notícias

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: