h1

Cópias Seguras em Linux

fevereiro 6, 2008

linux.pngUm método usado para acesso e transmissão de dados de forma segura entre servidores linux é o protocolo SSH. Este protocolo é basicamente uma versão [muito] melhorada do telnet, tendo sido dado enfoque à segurança da transmissão dos dados entre o ponto de acesso e o servidor remoto. Leia a matéria e entenda mais…

De forma muito resumida, este protocolo explica-se do seguinte modo. A ligação entre o ponto de acesso (PC de onde acedemos via SSH) e o servidor remoto (Servidor onde pretendemos aceder) é estabelecida e em cima desta é criado um túnel seguro, onde os dados passam encriptados, garantindo assim a confidencialidade e segurança dos dados.

Na maioria dos casos o SSH é usado para acesso remoto a servidores, dando-nos a possibilidade de interagir com a máquina remota, como se estivéssemos em frente ao monitor/teclado desta. No entanto, e naturalmente, sem termos a parte gráfica do sistema operativo.

Outro modo de utilização do SSH é a possibilidade de efectuarmos ligações de FTP em modo seguro, o que se chama SCP (Secure Copy). Mais uma vez é estabelecido um túnel seguro entre as duas “pontas” da ligação e os dados passam cifrados.

O que vamos explicar hoje é o modo como podem fazer estas cópias de ficheiros em modo seguro, entre 2 PC’s que têm como sistema operativo Linux. Caso pretendam usar esta funcionalidade em Windows, usando o modo gráfico podem usar o WinSCP ou o Filezila. Em modo de linha de comando em Windows (DOS) podem usar o Putty PSCP. Os comandos apresentados.

O comando é extremamente simples e é composto do seguinte elementos:

scp [parametros] [origem] [destino]

scp1.jpg

De salientar que tanto podem estar no servidor de origem como no servidor de destino para iniciar o processo de cópia.

Assim, e caso tenham acedido ao servidor de origem, o comando deve ser o seguinte:

scp ficheiroFonte utilizador@host:diretório/ficheiroAlvo

Caso estejam no servidor de destino o comando é o seguinte:

scp utilizador@host:diretório/FicheiroFonte FicheiroAlvo

Exemplo prático:

scp o_post_do_ano.txt root@pplware.com:/posts/

Este comando copia o ficheiro “o_post_do_ano.txt” para a pasta /posts/ (localizada na raiz do disco) do servidor pplware.com (usando o utilizador root)

scp2.jpg

scp root@pplware.com:/posts/o_post_do_ano.txt .

Este comando copia o ficheiro “o_post_do_ano.txt” localizado na pasta /posts/ (localizada na raiz do disco) do servidor pplware.com (usando o utilizador root) para a localização onde o comando foi invocado no servidor onde nos encontramos.

scp3.jpg

Só falta mesmo mostrar-vos o comando que nos permite copiar ficheiros entre 2 servidores, estando nos num servidor intermédio:

scp root@servidor1.pplware.com:/posts/o_post_do_ano.txt
root@servidor2.pplware.com:/posts/

Existem inúmeros parâmetros que podem ser incluídos, mas salientamos o seguinte devido à sua utilidade.

Esse parâmetro (ou flag) é o -r, que nos permite copiar todos os ficheiros e directorias que se encontram dentro da directoria em que nos encontramos ou que pretendemos copiar.

Exemplo:

scp -r /posts root@pplware.com:/posts/

Apenas de notar que o scp não comunica ao utilizador que vai sobrepor o ficheiro e em caso de já existir um ficheiro igual no local para onde estamos a copiar este vai ser “esmagado”.

fontejpg.pngPeopleware

3 comentários

  1. Que puts de blog … Altamente mano00sss!!!Continuem assim que ainda vou vos ver em 1º no rank


  2. hehehh

    Obrigado Paulo, continue visitando


  3. […] Blog World Windows […]



Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: